Coprofagia - Comer as fezes

  • Visitas: 1340

Cães jovens em crescimento têm uma grande necessidade de energia e está provado que podem obter nutrientes adicionais úteis comendo as suas próprias fezes ou as de outros cães durante esta fase critica. No entanto, depois de completo o crescimento e com fontes alimentares mais atractivas, a coprofagia cessa na maior parte dos casos. Porém, alguns indivíduos, principalmente de raças "gulosas" como os Beagles e Labradores, podem continuar com este desagradável hábito.
A coprofagia não significa necessáriamente doença (parasitismo, por ex.) ou uma alimentação desequilibrada. No entanto estes factos podem, em determinados indivíduos, ser a razão que leva um cão a comer as suas próprias fezes e, uma vez corrigidos, acabam com o mau hábito. Investigações demonstraram que cães coprófagos
não constituem risco quer para a sua própria saúde, quer para a saúde de pessoas, cujas faces e mãos sejam lambidas por estes animais. No entanto, a coprofagia é um acto emocionalmente repulsivo.


Frequência das Refeições
Como a coprofagia aparece geralmente em cães famintos, será melhor dividir a ração diária em 3 ou 4 refeições por dia.

Fibras
Um estômago cheio dá a sensação de saciedade pelo que as dietas ricas em fibras são melhores do que as mais refinadas. Por isso, aumente a quantidade de fibras na
dieta, seja através de comidas comerciais secas, seja pelo aumento dos legumes na dieta caseira. Fontes convenientes de fibra são os legumes verdes, cenoura, maça,
etc.

Treino
Para defecar sob comando, num local que mais tarde se lhe vai tomar inacessível. Terá simplesmente de levar o seu cão regularmente e em alturas associadas ao reflexo de defecação (logo de manha; a seguir às refeições) e esperar até que ele faça as suas necessidades. Diga uma palavra-chave e depois recompense com um biscoito o acto bem sucedido. Apanhe as fezes e coloque-as no lixo. Isto irá motivá-lo a só defecar na sua presença.

Tipo de Vida
Há uma ampla evidência de que os cães se aborrecem em canis estão mais aptos a tornar-se coprofágicos. De acordo com isso, assegure que o seu cão tem uma vida activa, com acesso a brinquedos, passeios frequentes, etc.

Punição
Nenhum grau de castigo serve para acabar com este hábito, fazendo apenas com que o cão espere o afastamento do dono antes de comer as fezes. A punição deve ser ligeira e parecer mais relacionada com as fezes do que com o animal.

Como Evitar
A coprofagia é geralmente uma fase passageira dos cachorros mas é exacerbada se lhes é negado o acesso frequente e livre à comida. Por isso uma dieta rica e abundante previne bastante o problema.

(in Hospital Veterinário do Porto)

Últimas em Adopções

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
Martinho

Martinho

dezembro 19, 2013 No comments

Lenny

Lenny

dezembro 19, 2013 No comments

Violeta

Violeta

dezembro 19, 2013 No comments

Náná

Náná

dezembro 19, 2013 No comments

Nani

Nani

dezembro 19, 2013 No comments

Matilde

Matilde

dezembro 19, 2013 No comments

Princesa

Princesa

dezembro 19, 2013 No comments

Faísca

Faísca

dezembro 7, 2013 No comments